Você tem nojo de barata?

Você tem nojo de barata?
segunda-feira, 13 de maio de 2019

Além de nojo, tenha cuidado. Como as baratas costumam entrar em contato com o esgoto, fezes e locais contaminados frequentemente, elas podem trazer sérios riscos para sua saúde, pois trazem bactérias, fungos, protozoários, vermes e vírus ao entrar em sua casa. Entre as doenças que as baratas podem transmitir estão: Hepatite A, febre tifoide, tuberculose, lepra, poliomielite, etc.

No geral, elas possuem hábito noturno (principalmente em cidades), pois é nesse período que procuram por alimentos e parceiros (as) para acasalamento. Durante o dia, elas costumam ficar escondidas.

Se as baratas urbanas aparecerem durante o dia, isso quer dizer que há densidade populacional (para cada barata encontrada, pode haver mil escondidas) e/ou a falta de alimento e água.

As baratas existem há mais de 300 milhões de anos e já somam cerca de 5 mil espécies no mundo. No Brasil, a barata mais comum é a barata americana, mais conhecida como barata de esgoto. Ela possui asas e consegue voar, por isso, é a mais temida pelos brasileiros. Além disso, ela tem preferência por ambientes quentes e úmidos e é facilmente encontrada em lixeiras, galerias, caixa de gordura e locais semelhantes.

Além da barata americana, outro tipo de barata comum no Brasil é a barata germânica, que é pequena, incapaz de voar e muito encontrada em restaurantes, mercados e ambientes quentes.

Aqui na Baixada Santista encontramos as 2 espécies, mas em nossa região a predominância é da barata germânica.

Está precisando de um serviço para exterminar essa praga? A Oceano Soluções Ambientais tem profissionais especializados para acabar com esse problema.

Entre em contato conosco e faça um orçamento!